Diferença entre Hard Skills e Soft Skills

hard skills e soft skills

Muitos são os requisitos para contratação de profissionais e as hard skills e soft skills são palavras essenciais para o RH para que características sejam detectadas nos talentos para que as melhores escolhas sejam feitas.

Se no passado as hard skills eram as grandes observadas nos currículos, cada vez mais as soft skills são as buscadas no perfil profissional.

Você sabe como essas habilidades são importantes para um processo seletivo e para o desenvolvimento dos colaboradores dentro de um ambiente de trabalho? Saiba mais sobre elas agora mesmo!

O que são as hard skills?

As hard skills são habilidades e competências técnicas que são adquiridas por meio de cursos, estudos e experiências passadas e elas podem ser avaliadas e comprovadas com avaliações, testes, diplomas e portfólios, por exemplo.

Essas são as qualidades referentes a todo aprendizado obtido ao longo da carreira e elas podem ser representadas no currículo, avaliada através de testes nos processos seletivos e com resultados ao longo do trabalho do setor.

Essas são habilidades muito importantes, afinal, são elas as essenciais para a realização do trabalho e para o andamento das estratégias e é evidente que é crucial olhar para elas.

Porém, essas são habilidades que podem ser ensinadas para os colaboradores de acordo com a necessidade da empresa e da atuação do talento.

As hard skills podem ser dos mais diferentes tipos e variam de acordo com a área do profissional, mas algumas delas podem ser fluência em idiomas, conhecimentos em softwares e programas específicos, habilidades e certificações para a área, técnicas e experiências passadas com gestão, entre outros.

E o que são as soft skills?

Diferente das hard skills que podem ser mais facilmente reconhecidas por diplomas, certificados e testes rápidos, as soft skills são mais difíceis de quantificar e reconhecer, afinal, essas se tratam de habilidades sociocomportamentais.

Essas são aquelas habilidades que tem a ver com emocional, comportamentos, formas como as pessoas lidam com outras pessoas e atitudes diárias que fazem toda a diferença para o trabalho e para a cultura da empresa.

É claro que essas também podem ser desenvolvidas e adquiridas ao longo do tempo, mas diferente das hard skills, essas dependem mais do comportamento e perfil de uma pessoa do que de leituras e cursos.

Diversas podem ser essas habilidades observadas e buscadas nos processos seletivos, mas algumas delas são cada vez mais valorizadas dentro das empresas como:

  • Comunicação;
  • Proatividade;
  • Capacidade de resolução de conflitos;
  • Senso de liderança;
  • Persuasão;
  • Capacidade de adaptação;
  • Capacidade analítica;
  • Bom relacionamento interpessoal e trabalho em equipe;
  • Empatia;
  • Gerenciamento de tempo e organização;
  • Entre outros.

As hard skills e soft skills no processo seletivo

Agora você sabe melhor o que são as hard skills e as soft skills e deu para entender as suas diferenças e importância individual, certo?

Antes, as hard skills eram as grandes observadas nos processos seletivos, afinal, são essas as que vão fazer o profissional performar dentro da necessidade.

Porém, com as mudanças do mercado e a necessidade de ir além de mão na massa no setor, mas também ter pessoas alinhadas com cultura organizacional, as soft skills passam a ser cada vez mais importantes.

Imagine só: é muito mais fácil ensinar um indivíduo a utilizar uma ferramenta do que ensinar um senso de liderança, relacionamento e capacidade de adaptação, não é mesmo?

As hard skills são cruciais já que experiências fazem toda a diferença para o desempenho no dia a dia, porém, elas são ensinadas pela empresa e aprendida pelos colaboradores de acordo com sua necessidade. E, mais do que isso, por melhor que seja o currículo de um profissional, ninguém sabe de tudo e é evidente que temas terão que ser ensinados.

Agora quando falamos de soft skills, ainda que elas possam ser desenvolvidas por cursos, mentorias, workshops e outras formas de aprendizado, ter pessoas que contam com habilidades que deem o famoso “match cultural” faz toda a diferença para uma jornada de colaborador.

Para o RH é muito importante saber como buscar essas características, afinal, elas não estão descritas em currículos, cursos e certificações e, justamente por isso, ter dinâmicas e atividades que busquem habilidades chave como comunicação, liderança, adaptação, trabalho sob pressão e outras que façam sentido para o negócio é a melhor forma de captar essas habilidades.

Mais do que isso, faz toda a diferença inserir no processo seletivo formas de buscar por essas habilidades e contar com tecnologia é essencial nesse momento.

Com os softwares de recrutamento e seleção cada vez mais inteligentes e direcionados para o resultado, muitos são os testes psicológicos e comportamentais realizados durante as etapas que captam algumas dessas capacidades e competências dos candidatos através de perguntas, situações e possibilidades apresentadas.

Muitos dizem que as hard skills são as que contratam os colaboradores, mas são as soft skills que fazem esses talentos se manterem no cargo e terem possibilidades de crescimento dentro de suas funções.

Hard skills e soft skills no dia a dia profissional

Após processos e etapas definidas, é importante que o RH preze por colaboradores que tenham o melhor das duas habilidades e que elas se encaixem com as necessidades e cultura do negócio.

É importante olhar caso a caso e área por área, afinal, em alguns setores pode ser mais fácil ensinar sobre o uso de ferramentas do que em outros e prezar por hard skills ou soft skills está diretamente ligada ao posto de atuação de cada talento.

Mais do que isso, as empresas precisam também incentivar que suas pessoas se desenvolvam nessas duas frentes de habilidades e oferecer treinamentos, palestras, incentivar cursos e certificações, participação em palestras e workshops, mentorias e muitas outras atividades fazem toda a diferença para reter talentos e para ter as melhores pessoas dentro do seu ambiente.

Como o seu RH contrata pessoas para seu negócio? As hard skills e soft skills estão sendo valorizadas da forma como deveriam em sua empresa? O quanto elas são incentivadas após a contratação? Aproveite que agora você sabe mais sobre ela e reveja seus processos!

Gostou de conhecer mais sobre as hard skills e soft skills? Assine nossa newsletter e receba em primeira mão os melhores conteúdos sobre RH, gestão de pessoas e negócios!

Compartilhar

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você também pode se interessar por:

 

© Copyright 2017 -2022 – Adaptworks – Todos os direitos reservados